Visualizar as mensagens categorizadas de acordo com: Pessoal

Entenda por que o visagismo é tão importante para sua vida

Posted by Nana in 1, Curso, Imagem, Pessoal, Visagismo | 0 comments

10.01.20

O visagismo consiste em um conjunto de técnicas aplicadas para criar uma imagem harmônica de uma pessoa. Não importa quais sejam as suas características físicas, emocionais ou sua rotina, sempre é possível adaptar tendências e chegar a um visual que represente a personalidade de cada um. Um dos motivos para o visagismo ser tão importante para as nossas vidas é justamente o fato dessa ser uma técnica personalizada. Ou seja, quem for aplicar precisa ter a sensibilidade para entender pontos sensíveis e únicos da vida de cada um. São diversos os profissionais que podem aplicar técnicas de visagismos, como cabeleireiros e, claro, consultores de imagem e estilo.  No último caso, o profissional é bastante completo e pode dar direcionamentos sobre o visual da pessoa em diversos aspectos, olhando até mesmo para a sua postura e seu comportamento a partir da análise dos temperamentos visagistas, por exemplo.

Você é única, por isso precisa de personalização

Todos temos características únicas, que formam nossa personalidade e nossa imagem. Você já deve ter percebido, por exemplo, que nem sempre uma roupa da moda, cor ou corte de cabelo que é tendência fica bem em todo mundo que resolve adotar. É por isso que deve-se ter cuidado ao fazer mudanças radicais, pois nem sempre conhecemos essas nossas características e não sabemos como fazer para valorizar o que temos de melhor, disfarçando aquilo que mais nos incomoda. Sendo assim, as técnicas de visagismo são ideais, pois levam em consideração não só seus traços, como ainda seus tons e subtons, além, é claro, da sua rotina e de como isso tudo se aplica ao seu dia a dia. Dessa maneira, é possível chegar a definições como formato do rosto e do corpo, definindo também uma paleta de cores pessoais que caem bem em você e devem ser priorizadas na hora de montar seus looks.

O visagismo também leva em consideração seu estilo de vida

visagismoComo eu citei anteriormente, o visagismo também precisa olhar para o seu estilo de vida. Quer técnica mais personalizada do que essa?  Assim, as chances de você não gostar do resultado são mínimas, já que tudo é pensado levando em conta suas próprias características e como elas podem parecer ainda melhores com roupas, sapatos, corte de cabelo, design de sobrancelha e outras aplicações estéticas adequadas e pensadas especialmente para você.

Visagismo gera autoconhecimento, que resulta em autoconfiança

Um dos pontos importantes do visagismo, e que torna ele tão importante para a vida das pessoas, é o fato de proporcionar autoconhecimento. Quando em uma consultoria de imagem e estilo, por exemplo, o cliente passa por uma conversa em que o profissional entende melhor sobre seus objetivos, estilo de vida e gostos, por exemplo. Tudo isso precisa ser considerado na hora de aplicar as técnicas de visagismo. Quando o profissional estiver com tudo pronto, vai passar seu conhecimento ao cliente, dando a ele ferramentas para se destacar e amplificar seus pontos positivos. Gerando esse autoconhecimento, fica mais fácil ter autoconfiança para ir atrás dos seus objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais.

Cuidar da imagem também ajuda a alcançar objetivos pessoais e profissionais

Dando continuidade ao tópico anterior, você já deve ter percebido o quanto a autoconfiança afeta os resultados que obtemos em nossas vidas, seja em casa ou no trabalho. Por isso, apostar no visagismo como uma forma de trilhar o caminho para o seu sucesso pode ser uma ótima aposta. Divida suas vontades, sonhos e metas com a pessoa que for aplicar as técnicas, pois ela vai poder te auxiliar a chegar lá, mostrando-se fisicamente preparada para seus desafios.

Como aplicar as técnicas de visagismo?

Não é tão simples aplicar técnicas de visagismo, já que isso requer estudo e, claro, certa experiência. Se você está interessado sobre o assunto e quer saber como pode usar o visagismo na sua vida, o ideal é procurar por uma consultoria de imagem e estilo. Em minha consultoria, por exemplo, divido mais de 15 anos de experiência com meus clientes. Tudo começa com uma entrevista para entender os objetivos dos meus clientes e depois passo por diversas etapas que incluem a organização do guarda-roupas e a definição da paleta de cores.  Além é claro, de falar sobre o marketing pessoal e como você pode se portar e se vestir para alcançar seus objetivos. Que tal agendarmos agora mesmo sua primeira consultoria e dar uma guinada em seu visual?

Maquiagem coloridas: qual o match para seu tom de pele?

Posted by Nana in 1, Imagem, Pessoal | 0 comments

03.01.20

Em 2020, a tendência no mundo da maquiagem deve seguir apontando para a naturalidade da pele. Assim, cada vez usa-se menos bases pesadas e contornos marcados, por exemplo. A ideia é deixar a pele em si parecendo mais natural, iluminada e fresca o possível. No entanto, algumas cores são usadas para realçar a beleza e dar um toque a mais na make. Delineadores coloridos, sombras cor de rosa e em outras tonalidades fortes são só alguns exemplos do que tem se usado e vai continuar em alta no próximo ano. Mas antes de se jogar de cabeça em qualquer tendência, você precisa entender se ela é adequada para você. Mas como assim? Eu explico: é que cada tom de pele combina com determinada cor. Então, não adianta você querer usar aquele rosa da moda se ele não ficar bem em você. Nesses casos, o ideal é procurar pelas cores que fazem parte da sua paleta pessoal de cores. Assim, você tem a certeza de que vai acertar na maquiagem colorida.  Ainda não conhece suas cores e precisa de ajuda? Você pode contar com o curso de Personal Colors Makeup para te ajudar a entender o que combina com a sua pele! Ele é 100% online e tem duração de cinco horas. Agora, se você já está familiarizada com as cores que caem bem com seu tom de pele, confira as dicas a seguir para arrasar na maquiagem colorida!

Pense na maquiagem como um todo

Uma dica importante na hora da make é pensar em tudo o que será usado: sombra, delineador, blush, iluminador… Separe todos os produtos e veja se as cores combinam entre si. Sombras azuis mais claras, por exemplo, ficam bem com um blush pêssego e batons em tons de rosa e lilás. Essa combinação costuma cair bem em quem tem pele mais clara e cabelos loiros, por exemplo. Para as morenas e negras, os tons mais claros costumam não funcionar muito bem. Então, o ideal é optar por um azul mais escuro, fazendo um estilo navy.

Sombras coloridas e delineadores podem tornar o visual mais divertido

As sombras coloridas já foram consideradas infantis, mais indicadas para festivais ou carnaval, por exemplo. Mas a verdade é que a maquiagem, assim como a moda, está em constante transformação. Exemplo disso é a volta da maquiagem colorida, que já é tendência. Algumas cores que podem realçar a beleza são rosa, lilás, laranja e verde, ou mesmo o rosa usado de forma sólida e sem degradê. Uma dica para conseguir um efeito bastante pigmentado é o uso de um batom nesses tons. Assim, você consegue um visual moderno e bastante colorido. O acabamento gloss também tem sido bastante usado. As sombras cremosas e que parecem molhadas. Já existem produtos específicos com esse efeito, mas você pode passar uma sombra colorida e aplicar gloss labial por cima. Outra tendência é a maquiagem aquarela, que combina diversos tons para criar um efeito que lembra uma pintura. Você pode usar diferentes materiais para conseguir o efeito, como sombras, lápis ou batons.  Maquiagem em tons pastel e neon também podem ser uma boa pedida para quem quer um visual colorido e divertido. Agora, para quem quer apostar em uma maquiagem colorida mais discreta, uma dica é apostar em um delineador colorido. Você pode passar só um risco bem fino rente aos cílios, ou mesmo arriscar um gatinho, deixando a make moderna, divertida, mas equilibrada.

Não sabe o que fica bem com seu tom de pele? Teste!

Maquiagem colorida Um dos problemas da maquiagem colorida é quando você erra o tom e acaba usando uma cor que não combina com a sua pele. Se você ainda não conhece a sua paleta de cores, tente fazer alguns testes para descobrir. E na hora de acertar na maquiagem colorida a dica é arriscar! Teste tons, misturas, texturas e acabamentos diferentes para entender o que fica melhor com o seu tipo e cor de pele. Tirar fotos sempre que fizer um desses testes também pode te ajudar a entender o que fica melhor em você. Caso você note que tem algo estranho e não harmônico, é porque provavelmente aquele tom não é mais adequado para você, por exemplo. Outra dica é não deixar esses testes para a hora que você for sair de casa. Isso porque você pode começar a se apressar ou ter autoestima abalada, caso a maquiagem não saia muito bem como você planejou. Portanto, tire um momento para “brincar”, fazer testes com cores e texturas diferentes e descobrir o que fica melhor em você. Gostou das dicas? Se ficou alguma dúvida, escreva para mim pelos comentários!

Como uma consultoria de estilo pode deixar seu guarda-roupas mais versátil

Posted by Nana in 1, Imagem, Pessoal, Visagismo | 0 comments

20.12.19

Já reparou que, mesmo quem tem muita roupa, sempre acaba usando as mesmas e repetindo looks? Isso acontece porque quantidade não quer dizer muito nesse caso. O ideal é você conseguir coordenar bem as peças para multiplicar seus looks. E uma consultoria de estilo pode te ajudar! No processo de uma consultoria de estilo estão diversos passos, que incluem a revisão das peças do seu armário e a definição de looks. Assim, você consegue ter um guarda-roupas mais versátil, pois entende quais combinações funcionam melhor e, em muitos casos, conclui que nem precisa de peças novas, pois já tem mais do que o suficiente.

Entendendo o seu tipo de corpo

O primeiro passo para conseguir peças versáteis em seu guarda-roupas é entender o seu tipo de corpo. Esse é exatamente um dos passos de uma consultoria de estilo É preciso saber se você tem formato triangular ou oval, por exemplo, para entender quais peças vão harmonizar seu visual e valorizar sua beleza. Outros aspectos também influenciam nesse sentido. Por exemplo, se você é baixa e quer parecer mais alta, tem que apostar em peças específicas para isso. O mesmo acontece para quem é muito alta e não quer destacar esse aspecto do corpo. Seu peso é outro ponto a ser levado em consideração na hora de montar um armário versátil com a ajuda de uma consultoria de estilo. Se você está acima do peso ideal ou tem um acúmulo de gordura abdominal que quer disfarçar, por exemplo, pode contar as peças certas para isso. Por fim, na consultoria de estilo a sua paleta de cores será definida. Você vai conseguir entender se sua pele tem tom frio ou quente e quais são as cores que ficam melhor em você.  Assim, vai conseguir compreender porque certas peças valorizam sua beleza e outras te deixam até mesmo com cara de cansada.

Hora de revisar o seu guarda-roupas!

Outro passo da consultoria de estilo é fazer uma revisão do seu armário. Olhar tudo o que tem com calma para saber o que deve sair e o que deve ficar é uma fase muito importante.  Além disso, algumas peças podem ser selecionadas para irem para o conserto ou passarem por ajustes como bainhas, por exemplo. Nesse caso, experimentar as peças para fazer essa análise pode ser fundamental. Com o olhar crítico de um profissional, você vai entender melhor o motivo de algumas roupas vestirem bem e o que faz algumas não ficarem tão legais assim no seu corpo. Esse também é momento certo para identificar o que você tem, ou seja, quais são as suas peças versáteis, e do que você precisa para ter um guarda-roupas completo e funcional. 

A consultoria de estilo também pode te ajudar nas compras

Consultoria de estiloDepois de entender o seu formato de corpo, saber o que você deve valorizar e o que deve usar técnicas de visagismo para harmonizar, ver o que tem no guarda-roupas e listar o que falta, é o hora de ir às compras! O personal shopper pode ser uma das etapas de uma consultoria de estilo. Mas, claro, sempre respeitando o orçamento do cliente. Essa é uma boa opção, pois geralmente o consultor de estilo já sabe quais são as lojas que fazem mais o seu estilo ou que têm peças que vão te vestir melhor, por exemplo.  Assim, você otimiza seu tempo e ainda tem a opinião de um especialista para não errar nas compras. Uma dica para colocar em prática toda vez que for comprar uma peça nova é pensar com o que ela pode ser combinada. O ideal é que possam ser montados ao menos três looks completamente diferentes. Assim, você garante a versatilidade do seu guarda-roupas.

Montar e fotografar os looks pode ser fundamental

Quando já estiver com todas peças que precisa para um guarda-roupas versátil, é a hora de montar os looks. O ideal é conseguir coordenar as peças para ter o máximo de looks com cada uma.  Nessa etapa, é importante fotografar os looks para você poder consultar sempre que precisar de inspiração, ou simplesmente para não correr o risco de se esquecer as combinações que vocês montaram. E então, percebeu como a consultoria de estilo pode deixar seu guarda-roupas mais versátil? Que tal começar a sua agora mesmo? Vamos conversar!

Descubra os biquínis mais cobiçados para este verão

Posted by Nana in 1, Imagem, Pessoal | 0 comments

13.12.19

O verão é sempre uma estação agitada no Brasil. Época de festas de fim de ano, férias, carnaval… E para aproveitar as altas temperaturas, nada melhor do que mergulhar em uma piscina ou no mar. Mas, claro, sem perder o estilo! Para isso, é importante ficar por dentro das tendências dos biquínis. Nas coleções de verão 2019/2020, tem para todos os gostos: cores fortes, neutras, estampas e modelagens diferentes. Quer ficar por dentro e conhecer os biquínis mais cobiçados dessa época? Confira a seguir as principais tendências!

Aposte em biquínis neon

O tons em neon chegaram de mansinho e foram ganhando cada vez mais adeptas. Na moda praia não foi diferente. Você certamente não vai ter dificuldade em encontrar biquínis e maiôs nessas cores vibrantes, até mesmo nas lojas conhecidas como fast fashions. Eles são ideais para quem quer um look praia mais despojado e até mesmo divertido, já que as cores vibrantes chamam a atenção e combinam com o alto astral do verão. No geral, os biquínis neon são vistos em cores como amarelo, verde, rosa e laranja. É importante experimentar para saber como é o caimento da peça e, claro, se o tom escolhido combina com a sua cor de pele. Lembre-se de que conhecer a sua paleta de cores pessoais é fundamental na hora das compras!

Biquínis

Mas os biquínis de cores neutras continuam!

Não se preocupe se você quer seguir as principais tendências, mas não curte tons neon. O minimalismo também é uma aposta para o verão 2019/2020.  Sendo assim, é possível encontrar nas araras modelos em tons como preto e branco, que nunca saem de moda, não é mesmo? Além disso, aparecem em muitas coleções os biquínis em tons nude, que são aqueles em bege, marrom e cores semelhantes. Eles podem dar um ar de sofisticação e elegância ao seu look praia sem muito esforço.

Animal print e tie dye também são tendências 

Agora, se você é daquelas que gosta de biquíni estampado, saiba que o animal print e o tie dye são tendências de verão 2019/2020. A primeira padronagem já apareceu em coleções passadas, como no inverno de 2019. Contudo, ainda se faz presente nas coleções de verão. A principal delas é de oncinha, que é bastante democrática e já virou um clássico da moda.  Já o tie dye aparece não só em peças como biquíni e maiô, como também em saídas de praia, vestidos, camisas e shorts. A estampa promete ser vista durante toda a estação, em diferentes cores. A combinação de azul marinho com branco, por exemplo, deixa o tie dye mais neutro. Além disso, pode ser uma alternativa para coordenar com outras peças coloridas. Também é possível encontrar biquíni em tie dye colorido. No geral, os tons vistos nas lojas são aqueles pastel bem clarinhos como verde, amarelo, rosa e laranja. Essa é uma maneira de usar a estampa de forma mais descontraída.

Neste verão, biquíni meia taça é aposta

Além dos tradicionais modelos de biquíni cortininha e tomara que caia, os meia taça chegam com tudo nas coleções verão 2019/2020. O formato vem para dominar as araras e pode aparecer até estruturado, sendo ideal para quem tem pouco busto ou quer valorizar essa parte do corpo.

Tem muito busto? Que tal um top em formato de faixa?

Mais um modelo de top de biquíni que é tendência no verão 2019/2020 é o em formato de faixa. Ele tende a ser bem reto e, na maioria dos casos, não tem bojo ou enchimento. Esse é o tipo de biquíni é ideal para quem tem muito busto e quer disfarçar um pouco, por exemplo. Para as menos favorecidas, fica a dica: pode parecer que você tem seios ainda menores. Ele pode ser encontrado em diferentes modelos, como tomara que caia ou com alcinha. Assim, você escolhe aquele que te faz sentir mais confortável e confiante com seu look praia.

Biquíni com calcinha asa delta está de volta!

As calcinhas em formato asa delta, bastante cavados, foram sucesso na década de 1980. Luiza Brunet, por exemplo, foi uma das precursoras do modelo, que foi bastante usado anos atrás. Agora, o biquíni com calcinha asa delta está de volta! E ele aparece praticamente igual ao visto naquela época. Se você se sente confiante, ele pode ser uma aposta interessante para parecer sexy ou mais atraente no seu look praia. Você já elegeu o seu favorito para essa temporada? Conte para mim pelos comentários!

Dicas de expert para deixar seu armário sempre em ordem

Posted by Nana in 1, Pessoal, Profissional | 0 comments

29.11.19

rSabe aquela sensação de nunca ter roupa na hora de se arrumar? Muitas vezes, ela é causada pela falta de organização do armário. Isso porque você pode não ter noção das peças que combinam entre si, ou mesmo não encontrar determinada peça quando estiver montando uma produção. Com algumas dicas, você consegue manter uma boa organização do armário. Então, arregace as mangas e vamos ao trabalho!

Tenha cabides iguais e na quantidade certa

Pode não parecer, mas a organização do armário começa na hora de comprar cabides. Evite ter muitas variações de modelo. Só de todos os seus cabides serem iguais, a sensação de arrumação já vai ser maior. Além disso, é muito importante que você tenha a quantidade de cabides adequada para o número de peças que precisa pendurar. Isso evita que você perca tempo ou não consiga encontrar uma roupa que procura. Colocar apenas uma peça por cabide ainda pode ajudar na conservação das mesmas, que serão armazenadas sem ficar emboladas umas nas outras. Também é essencial apostar em cabides com ganchos para pendurar saias. Um organizador de cintos e lenços também pode facilitar muito na hora de montar seus looks.

Tenha um armário em cápsula

A organização do armário de acordo com a estação do ano pode ser essencial para quem quer ter praticidade na hora de se vestir. Colocar as roupas de inverno para um lado e aquelas peças mais leves e com a cara do verão de outro pode ser o primeiro passo para conseguir se encontrar em meio a tantas peças. No entanto, uma dica interessante para a organização do armário pode ser manter uma espécie de coleção em cápsula para cada estação.  Basta separar algumas peças que serão mais usadas naquele período e já pensar nas combinações dos looks. Assim, elas ficam mais à mostra e acessíveis para você usar no dia a dia.

Para uma boa organização do armário, separe as peças por tiposOrganizar o armário

Outra forma de organizar o armário e tornar mais fácil a tarefa de encontrar suas peças é separando suas roupas de acordo com o tipo. Isso quer dizer que você pode colocar todas as blusas sem manga em sequência, depois as camisas de manga comprida, calças e vestidos, por exemplo. Se você quiser incrementar essa dica, além de separar por tipo, também pode formar uma paleta de cores e separar de acordo com os tons. Assim, vai ficar fácil fácil achar a peça certa na hora de se arrumar. Ah, e outro detalhe importante: pendure as roupas em ordem crescente. Ou seja, primeiro as blusas, depois peças mais compridas como calças e, por fim, vestidos longos.

Use caixas e compartimentos para aproveitar o espaço

O aproveitamento do espaço é outro item essencial na hora da organização do armário. Uma dica para quem não tem muito espaço é guardar roupas que não serão usadas naquele período. Por exemplo, se é verão você pode guardar casacos e tricôs em caixas em cima do armário. Ou então, arrumar tudo em gavetas. Assim, quando o frio chegar, inverta a ordem e mantenha guardadas peças como vestidos e blusas de verão.

Faça limpezas ao menos uma vez por ano

De tempos em tempos, é importante revisitar todas as peças do seu guarda-roupas e entender se elas ainda fazem sentido no seu dia a dia. O ideal é que isso seja feito pelo menos uma vez por ano. Então, você separar as peças em categorias como: manter, descartar e doar. No caso do descarte, são aquelas roupas já bem velhinhas ou com rasgos e furos, e que não que servem para outra pessoa. E uma dica para saber o que manter é pensar na utilidade daquela peça para você. Por exemplo, se você não usa muito, ou está com etiqueta há meses, pode ser o momento certo de liberar espaço no seu armário. Além disso, leve em consideração sua mudança de peso no período. Se engordou ou emagreceu, doe as roupas que não servem mais. Caso não esteja colocando em prática alguma ação para voltar ao seu peso anterior, ou não tenha pretensão de fazer isso.

Peça ajuda caso tenha dificuldade

Se você já até leu sobre o assunto e tentou por diversas vezes manter a organização do armário, mas não conseguiu, pode ser a hora certa de pedir ajuda. Aposto que você tem uma amiga ou pessoa próxima que seja mais organizada e pode te ajudar com dicas práticas e troca de experiências. Outra alternativa é procurar por um profissional, também conhecido como personal organizer. Essa pessoa pode não só cuidar da organização do seu armário como também te mostrar, na prática, como fazer isso. E, claro, manter tudo arrumadinho. Você também pode contar com a ajuda de uma consultoria de imagem e estilo que, em muitos casos, vai te ajudar também com a organização do armário. E o trabalho vai mais longe. Esse profissional vai olhar suas peças uma a uma para saber o que deve ficar e o que deve sair, além de te ajudar com a montagem dos looks. E então, que tal conversarmos sobre isso?

8 peças coringa que não podem faltar no seu armário

Posted by Nana in 1, Imagem, Pessoal | 0 comments

22.11.19

A cada estação, uma nova tendência e muitas tentações para encher o armário com peças que serão usadas por poucos meses. Muita gente se deixa levar pela moda e esquece das peças coringa, levando a um ciclo de consumo. Investir em peças coringa podem te ajudar não só a consumir de maneira mais consciente, mas também na organização do armário e na facilidade na hora de montar seus looks. Sabe aqueles dias em que te falta criatividade e você acaba não encontrando uma produção que te agrade? As peças coringa podem ser uma mão na roda, já que com elas não tem erro: são o básico que sempre cai bem. Quer saber quais são as peças coringa que não podem faltar no seu armário, e que podem te ajudar a se vestir melhor? Confira a lista a seguir e faça seu próprio check-list!

Check-list das peças coringa para ter no armário

1. Calça jeans

Verdadeiro clássico, as calças jeans são um bom exemplo de peças coringa. Tenha ao menos uma no seu armário que seja atemporal e possa ser usada em diferentes ocasiões. Para isso, é importante levar em consideração o seu tipo de corpo e as outras peças que você tem, para escolher o modelo certo para criar o máximo de combinações possíveis.

2. Calça preta

Uma alternativa ao jeans é a calça preta, um das peças coringa encontradas facilmente nos guarda-roupas femininos. Básica, ela pode ser combinada com praticamente qualquer tipo de blusa e sapato, dependendo do seu corte e modelagem, claro. Escolha um modelo que se adeque ao seu corpo e caia bem com outras peças que você já tem e vai ser sucesso! Além disso, é importante levar em consideração o tecido. Aqueles mais retos, como calças de alfaiataria, costumam ser mais atemporais.

3. Camisa branca

Uma peça coringa que muita gente pode achar que não combina com o dia a dia é camisa branca de alfaiataria. Mesmo que você não faça o estilo social ou não trabalhe com esse tipo de traje, uma camisa branca pode sim ser muito versátil. Isso porque ela pode ser usada com peças como jeans e tênis, por exemplo. Você também pode fazer um nó na parte de baixo ou apostar em sobreposições, com um cropped por cima para desconstruir o visual formal. Sendo assim, na hora de escolher a sua camisa branca, opte por tecidos de qualidade superior, como algodão e não se esqueça de passar direitinho!

peças coringa

4. Vestido preto

O bom e velho vestidinho preto é uma das principais peças coringa que não pode faltar no armário. O ideal é que ele seja o mais básico possível, com um corte atemporal e que possa ser usado por muito tempo. Para dar o estilo que você quer à produção, o ideal é apostar nos acessórios e sapatos. Com um cinto ou colar, você pode mudar totalmente a “cara” do seu vestido preto. Além disso, ao escolher um modelo básico e versátil, você ainda conta com a vantagem de usar com tênis, salto, sapatilha ou rasteirinha sem perder o estilo!

5. Blazer de cor neutra

Uma peça que já foi considerada formal e limitada ao uso em escritórios e ambientes corporativos, o blazer já perdeu essa fama há muito tempo. Hoje em dia, são verdadeiras peças coringa, que podem continuar sendo usadas no trabalho. Mas também, caem bem com produções mais casuais, com jeans e bermuda, por exemplo. O ideal é ter ao menos um blazer no armário. Ele deve ter corte mais atemporal e cor neutra, que possa ser combinado facilmente com outras peças. Entre os exemplo estão preto, branco, bege e azul marinho.

6. Jaqueta de couro

Outro casaco considerado peça coringa é a jaqueta de couro. Você pode encontrar em diversos estilos, cortes e cores. Mas, prezando pela versatilidade, escolha aquelas em tons que costumam combinar com diversos looks e que nunca saem de moda como vermelho, preto e marrom. As jaquetas de couro dão um ar a mais de estilo às produções e também caem bem com diferentes tipos de look. Do jeans ao vestido, a peça é ideal para climas mais amenos ou para dar up em um combinação mais simples.

7. Tênis branco

O tênis branco é tendência. Então, aproveite a boa oferta nas lojas para garantir o seu e marcar mais essa peça coringa no seu check-list! Mesmo que você não use muito esse tipo de calçado, é importante ter um, caso você precise de um look mais confortável, seja para passar muito em pé ou para ficar mais à vontade.

8. Salto preto

Outro calçado que não pode faltar no seu armário é um salto preto. Aqueles de tira mais fina na frente e salto fino são atemporais. Um ótimo exemplo de peça coringa que não pode faltar. Mas, claro, o ideal é que você escolha um modelo que combine com o seu estilo e te deixe confortável para usar. Um salto preto combina com diversas peças e pode ser usado tanto em produções formais, como com vestidos, como com um jeans e uma t-shirt para um visual mais casual. E então, o que achou destas dicas de peças curinga? Já tem alguma em seu armário? Conte para mim pelos comentários!